>

Clareamento Dental


A estética facial e o sorriso estão intimamente relacionados. No mundo moderno e civilizado, dentes brancos, bem contornados e bem alinhados estabelecem o padrão de beleza. Tais dentes são, não apenas considerados atraentes, mas indicam saúde nutricional, amor próprio, status econômico e sexualidade.


De todas as espécies animais, a humana é a única que pode sorrir. Mas quantas pessoas perdem a auto-estima devido a um sorriso ou estética dental prejudicada, levando-as a se comportarem de maneira reservada e tímida? Nesses casos, dependendo da causa e intensidade da alteração de cor, o CLAREAMENTO DENTAL passa a ser a primeira alternativa.
Nos dias de hoje, muitas são as opções disponíveis no mercado que prometem clarear os dentes: enxaguatórios, pastas de dentes, "clareamento de farmácia" e o clareamento oferecido pelo dentista. Mas mesmo se tratando de um tratamento estético, é um tratamento que precisa ser realizado sob orientação de um profissional especializado. Então... seguem algumas informações a este respeito.
Tipos de Clareamento Dental
Uso a seguinte metáfora com meus pacientes: Imagine que você tem que viajar para São Paulo, e você pode chegar lá ou de avião ou de carro. Você chegará a São Paulo independente da forma que optar, mas a diferença está no tempo que você levará para atingir o mesmo resultado.
Assim é com o clareamento dental. Existem duas formas de clarear os dentes: no consultório (“avião”) ou em casa (“carro”).
Caseiro: na técnica caseira, o paciente utiliza uma moldeira individual (uma superior e outra inferior) com o gel (agente clareador) em baixa concentração por um longo período de tempo (mínimo de 2 semanas).

No consultório podemos fazer o clareamento com:

  •       Luz LED + gel para clareamento em alta concentração (esse é o clareamento que 100% dos dentistas anunciam como LASER, quando na verdade não o é, porém é tão eficiente quanto o LASER e é mais barato.)
  •       Luz LASER de argônio + gel para clareamento em alta concentração (são raros os profissionais NO BRASIL que fazem o clareamento usando o aparelho de LASER, pois além de caro, é um investimento alto para ser usado apenas com função de clareamento.)
  •       Gel para clareamento em alta concentração.

Vale lembrar que podemos indicar o clareamento em consultório e fazer complementação com o uso de moldeiras em casa para manutenção.

Sensibilidade nos dentes:

Embora não pareça, nosso dente é poroso. Esses poros chamamos de canalículos e é dentro destes canalículos que temos a presença tanto dos prolongamentos do nervo como também de moléculas de pigmento. Os pigmentos são moléculas orgânicas longas compostas por cadeias com ligações aromáticas e/ou alifáticas que mudam o índice de refração do esmalte/dentina tornando os dentes mais escuros, o clareamento dental visa à remoção/quebra dessas moléculas (quanto menor a molécula, mais claro será o dente).
Ok, e onde entra a sensibilidade? Vamos lá: ainda dentro desses canalículos temos um fluido que é sensível a qualquer estímulo: salgado, doce, frio, quente... pois há movimentação desse fluido no interior do canalículo, causando como resposta a DOR. E é isso que ocorre durante a quebra de moléculas de pigmento: movimentação desse fluido, estimulando o feixe nervoso ali presente e dor.
A boa notícia é que caso haja dor, ela poderá ser controlada com medicação indicada pelo seu dentista.Essa dor varia de paciente para paciente, uns relatam certo incômodo por alguns segundos, outros sentem muita dor e muitos relatam não sentirem absolutamente nada.
Também vai clarear restaurações (obturações) e próteses fixas?
NÃO.
Conforme falamos no item anterior, o clareamento se dá pela quebra de moléculas de pigmento orgânica. Restaurações e próteses não adquiriram sua coloração devido ao manchamento, logo, as restaurações NÃO podem ser clareadas pelo método de clareamento dental, será necessária a substituição da resina ou da prótese após o clareamento dos dentes a fim de que a cor fique igual em todos os dentes.
O que pode e o que não pode após o clareamento?
• Não fumar no dia do clareamento
• Não comer frutas ácidas ou refrigerantes
• Durante 24 horas, não ingerir nada que contenha corantes. Ex.: café, chocolate/achocolatados, coca-cola, molho vermelho, beterraba, vinho tinto, etc.
• Fazer bochechos com flúor
• Se necessário tomar analgésico (indicado pelo seu dentista)
(clique aqui para visualizar um post completo sobre o que pode e o que não pode durante o clareamento)
CONTRA INDICAÇÕES
• Grávidas ou lactantes
• Pacientes com patologias periodontais (na gengiva ou osso)
• Idade mínima de aproximadamente 16 anos com rizogênese (formação da raiz) completa.
Clareamento dental é prejudicial à saúde?
Não, de forma alguma.
O clareamento dental enfraquece os dentes?
Não. O clareamento vai atuar quebrando moléculas de pigmento no dente, logo não há prejuízo na estrutura dental.
Clareamento e branqueamento são a mesma coisa?
Não, clareamento é o processo no qual há quebra das moléculas de pigmento existentes nos dentes, dessa forma com moléculas cada vez menores o dente se torna mais claro.
Já no branqueamento, temos uma substância (que pode ser uma pasta de dente ou enxaguatório) que “pinta” nosso dente de branco. Como assim? Essas substâncias depositam nos canalículos (“poros”) o pigmento branco, não há quebra das moléculas de pigmento. A boa notícia é que com a suspensão do uso dessa substância o dente volta à cor antiga.
Depois que fizer clareamento, meus dentes ficarão pra sempre claros?
Independente de fazermos ou não o clareamento dental, o normal é que nossos dentes escureçam com o passar dos anos, devido aos alimentos que consumimos. Fato que comprova isso é quando nossos dentes permanentes “nascem” eles são bem clarinhos, porém com o passar do tempo se tornam escuros e se formos olhar os dentes de nossos avós, perceberemos que são bem mais escuros.
Nossos dentes ficam a mercê de nossos hábitos alimentares.
Se após o clareamento eu continuar ingerindo alimentos com corante, meus dentes voltarão a escurecer, não quer dizer que será mais rápido, não será nada patológico, será de forma normal, fisiológica.

9 comentários:

Ana Claudia Sivieri disse...

Adorei suas orientações Dra Juliana!

Gabriela disse...

se eu tiver restaurações nos dentes posteriores, posso fazer clareamento?

Juliana de Sá disse...

Olá Gabriela! Obrigada por participar e enriquecer nossa discussão sobre o tema... então, seu dentista deve avaliar a possibilidade ou não de vc poder fazer o clareamento. O fato de ter restaurações nos dentes posteriores não contra- indica o clareamento. Algumas coisas devem ser levadas em consideração: se houver cárie primeiro remover a cárie e colocar uma restauração provisória para depois clarear. Caso não haja cárie, faça o tratamento de clareamento e depois avalie junto ao seu dentista se vai haver necessidade de trocar a restauração pq a cor ficou mto diferente, caso tenha q trocar, deve-se aguardar por 2 semanas (contar a partir do último dia clareamento). Damos esse tempo, a fim de que haja estabilidade de cor, já q volta um pouquinho a cor/escurece um pouquinho daquele branco q estava, e também para q haja a liberação do oxigênio residual q é um sub-produto da reação do clareamento (se fizermos uma restauração enqto houver essa liberação de oxigênio, a restauração corre o risco de soltar).

Helton disse...

É prejucial fazer mais de uma vez o clareamento?

Juliana de Sá disse...

Olá Helton, obrigada por participar tbm.
Então, o clareamento não traz malefícios qdo repetimos. Podemos fazer diversas vezes. Mas lembre-se, sempre sob supervisão de seu dentista!

Insurance Colorado disse...

Really Great blog. Looking forword more update.
branqueamento dentário

Anônimo disse...

o clareamento pode quebrar, trincar o dente?

Anônimo disse...

adorei as dicas,estou fazendo clareamento,no inicio,nao sabia q nao podia tomar sucos artificiais,agr,estou bebendo somente agua e evitando qualquer tipo de alimento ou bebida que contenham pigmentos,muito obrigada pelas dicas.

priscila disse...

Eu fiz 30 minutos, não agüentei e parei, meu dente ficou com umas manchas brancas, o que eu faço????


Postar um comentário

Páginas